Auto News Tiago Reis espera acumular quilómetros na Baja do Pinhal

O início de temporada não foi fácil para Tiago Reis e Filipe Martins. A dupla de Famalicão sabia que a aposta num carro completamente novo, concebido e construído em Portugal, obrigaria a um esforço de desenvolvimento ao longo da temporada, sobretudo nas primeiras provas do ano. Foi isso mesmo que se verificou na inaugural Baja de Loulé e depois na Baja Capital dos Vinhos de Portugal, onde o Mercedes GLA Proto sofreu naturais problemas de juventude.

Entretanto, os técnicos do Team Transfradelos corrigiram alguns pontos no novo protótipo e Tiago Reis espera agora conseguir chegar ao final da Baja do Pinhal, terceira prova do calendário nacional.

“Sim, o único objetivo é chegar ao final e acumular quilómetros em competição. É muito importante conhecermos o carro em condições de prova porque fazer um teste não é a mesma coisa. A equipa está a trabalhar dia e noite para melhorar o carro e tê-lo pronto para esta baja. Sabemos que o nível na frente do campeonato está alto mas neste momento a nossa única preocupação é ganhar fiabilidade no carro para depois pensarmos em resultados mais ambiciosos”, afirmou Tiago Reis.

Organizada pela experiente equipa da Escuderia Castelo Branco, a Baja do Pinhal tem um percurso dividido entre os concelhos de Proença-a-Nova, Sertã e Oleiros. A competição começa na próxima sexta-feira (dia 16) às 17h00, com duas passagens por um Prólogo de 9.57 kms. No sábado (dia 17) os concorrentes enfrentam dois setores seletivos que perfazem mais 327.75 kms cronometrados.