Auto News Filipe Albuquerque termina num brilhante quinto lugar as 24h de Le Mans

A sair da 15ª posição da grelha entre os LMP2 e 21º da geral, o trio, Albuquerque, Owen e Sadeller sabiam que não lhes esperavam facilidades: "Não estávamos à espera deste resultado depois de todas as condicionantes que sabíamos ter à partida. A falta de andamento para os nossos mais directos adversários era notória mas nunca perdemos o foco nem a ambição e fomos fazendo o nosso trabalho sem erros e sobretudo, podendo contar com a eximia fiabilidade do Ligier que nos permitiu fazer uma corrida limpa. Sempre que estive ao volante procurei rodar o mais rápido possível e chegar mais além. Não esperávamos que acabasse tão bem", disse,

Sobretudo porque tanto Owen como Sadeller se estreavam em Le Mans: "A prova é muito dura e ainda mais dura para aqueles que a enfrentam pela primeira vez. Sempre que iam para a pista transmitia-lhes confiança e eles estiveram sempre muito bem: determinados e focados. E isso foi a chave para o sucesso. Este quinto lugar, dadas as circunstâncias, tem um sabor a vitória para todos na United Autosports. Não ganhámos mas é como se o tivéssemos feito. Estamos todos de Parabéns", rematou Filipe que não foi apenas quinto entre os LMP2 ou sexto da geral, foi também o melhor entre os pilotos ao volante de Ligier.

O piloto português não terá no entanto descanso, já que no próximo fim-de-semana estará em Paul Ricard para disputar a jornada do Blancpain GT Series.