Auto News Bruno Magalhães continua a liderar o ERC 2017

“Estamos totalmente desolados com a situação. Numa altura em que tudo já estava a correr bem, deparámos com o navegador do Kajetanowicz no meio do troço a mostrar a aplaca, a avisar que tinha ocorrido um acidente na curva seguinte. No momento crucial em que estava a tomar atenção à informação do Baran, chegámos à curva em que se tinham dado as saídas do Kajetan e de outro candidato, e acabámos também por sair, só parando em cima de outro carro. Os estragos no Skoda não deram para regressar ao rali, acabando por abandonar de uma forma desconcertante. No entanto, e perante os resultados da principal concorrência, continuamos na liderança do Europeu, numa altura em que chegámos a meio do campeonato. Vamos tentar continuar a defender esta posição, querendo realçar o trabalho fantástico de todos os elementos da ARC Sport”, disse Bruno Magalhães.

Depois de três resultados fabulosos, passando pelos três lugares possíveis no pódio, a ARC Sport está igualmente desolada com o desfecho do Rali de Chipre, mas confiante na defesa da liderança do Campeonato da Europa de Ralis.

“São situações normais no desporto automóvel. O Rali de Chipre começou por ser uma prova complicada para o Bruno, mas depois, com uma excelente recuperação, poderia ter levado a outro desfecho muito positivo. Vamos continuar a criar as condições necessárias para defender a liderança do ERC. Estamos confiantes”, concluiu Augusto Ramiro.