Auto News Beirão da Veiga e Farfus sem sorte em Paul Ricard no GT Open

Depois ter sido 3º na sessão de qualificação da primeira corrida, coube a Augusto Farfus a tarefa de arrancar no primeiro confronto. O piloto Brasileiro esteve brilhante e logo no arranque saltou para a liderança, posição que se manteve até ao momento de paragem na box para mudança de piloto. Quando tudo apontava para uma segunda parte de corrida de gestão de vantagem, eis que Beirão da Veiga nem chegou a entrar em pista, uma vez que o BMW M6 GT3 teve um inicio de incêndio em plenas boxes, para desilusão da dupla do Team Costa Campos Racing. Ainda no Sábado, no final desta corrida, Farfus referia que foi "um final inglório. Depois de um grande esforço para me manter na frente e de ter conseguido alguma vantagem para os meus adversários perder esta corrida assim é frustrante. Acredito que o Lourenço poderia ter gerido a vantagem e a vitória estava perfeitamente ao nosso alcance mas enfim, não havia muito que fazer", referiu o piloto oficial da BMW, que substituiu Tiago Monteiro nesta jornada Francesa do GT Open.

Já no domingo teve lugar a 2ª corrida do fim-de-semana, com Lourenço Beirão da Veiga a ser 8º na qualificação. Na corrida LBV recuperou de imediato uma posição, mantendo-se no grupo da frente nas voltas iniciais, até que um toque agressivo de uma adversário deitaria por terra as aspirações da equipa Angolana Team Costa Campos Racing. Beirão da Veiga comentou no final que "não há muito a comentar sobre a corrida de hoje, é visível que estes toques são intencionais e a este nível não fazem qualquer sentido. Enfim, saímos a zeros de um fim-de-semana que poderíamos ter realisticamente obtido dois pódios. É uma desilusão para toda a equipa mas há que olhar em frente, motivados e concentrar na próxima corrida, na Hungria", finalizou LBV, que perdeu aqui, sem qualquer culpa, uma grande oportunidade de obter importantes pontos para o campeonato.

O vencedor da corrida de ontem foi a dupla Mikkel Mac e Miguel Ramos, em Ferrari 488, com Thomas Biagi e Giovanni Venturini (Lamborghini Huracan GT3) em 2º e Valentin Tom Onslow-Cole em Mercedes AMG Gt3 a fecharem o pódio. Já hoje na 2ª corrida foi a dupla Victor Bouveng e Fran Rueda em BMW M6 GT3 a vencer. A próxima corrida do International GT Open tem lugar em Hungaroring, na Hungria no fim-de-semana de 1 e 2 de Julho.