Auto News Veloso Motorsport volta a triunfar no TCR Nacional e Ibérico

Depois do triunfo de Rafael Lobato e do Audi S3 LMS TCR na corrida de ontem, hoje foi a vez de Francisco Mora conseguir uma vitória dominadora. O piloto do SEAT Leon TCR preparado e assistido pela Veloso Motorsport, terminou a corrida com uma vantagem de pouco mais de 7s sobre o segundo classificado, liderando do início ao final das 17 voltas disputadas, conseguindo ainda a volta mais rápida.

Regressado esta época às competições de carros de turismo, Patrick Cunha teve hoje uma corrida infeliz, com o piloto de Vieira do Minho a ser forçado a abandonar logo à segunda volta, depois de não conseguir evitar um toque em outro concorrente. Os danos na suspensão da frente esquerda do Audi S3 LMS TCR, foram determinantes para este desfecho.

Prova muito positiva para Ricardo Leitão, que a exemplo do seu irmão na corrida de ontem, levou a “bom porto” a sua estreia na disciplina, não cometendo erros no seu caminho para a nona posição final, com o SEAT Leon Cup Racer TCR da Veloso Motorsport.

Declarações dos pilotos:

Francisco Mora: “Hoje sim, posso dizer que tudo correu muito bem e que saio daqui muito feliz com o resultado conseguido. Fiz um bom arranque e assumi de imediato o comando da corrida, depois apostei em fazer voltas rápidas para ganhar uma margem de conforto para o meu adversário mais directo, o que consegui. Até ao final a corrida foi controlar e gerir da melhor forma o desgaste dos pneus. Depois de no ano passado ter andado quase sempre atrás da liderança do campeonato, este ano começo a época na frente, o que é sempre um factor de grande motivação. Pena foi ontem as coisas não terem corrido um pouco melhor, tinha carro para mais, mas paciência, no global saio muito satisfeito do Estoril. Uma palavra de agradecimento para a Veloso Motorsport, que esteve ao seu nível habitual e me proporcionou sempre as melhores condições para ganhar.”

Patrick Cunha: “Foi uma corrida para esquecer. Estava confiante e apesar de saber que ainda não estou no ritmo ideal, penso que poderia ter feito um bom resultado aqui no Estoril. O carro “patinou” no arranque e fiz uma péssima largada, caindo diversas posições. Tentei estabilizar um pouco e partir ao ataque para recuperar o máximo possível, mas cometi um erro na aproximação à curva três, bloqueei as rodas na travagem e não evitei um toque num adversário. O Audi ficou com a manga de eixo e um braço de suspensão danificados, pelo que não tinha outra hipótese senão abandonar a corrida. A vitória do meu parceiro na corrida de ontem torna a passagem pelo Estoril positiva, sabemos que temos um bom carro e que voltarei na próxima prova mais motivado que nunca.”

Ricardo Leitão: “Gostei imenso desta estreia nos TCR. Consegui andar perto do quinto lugar, meta que estabelecemos como possível objectivo para esta estreia, mas depois fui perdendo lugares quando os meus pneus perderam eficácia. Penso que não soube gerir da melhor forma o desgaste dos pneus, talvez devido à minha inexperiência com este tipo de carros e por isso tive de reduzir o ritmo e caí alguns lugares. Foi um fim-de-semana de grandes emoções, onde me diverti e vivi uma nova experiência em termos de desporto automóvel.“

A Veloso Motorsport esteve também presente no Campeonato Nacional de Legends, com Hugo Guimarães a estar em plano de destaque com o seu BMW 320iS. O piloto vimaranense conseguiu um segundo lugar na Categoria Especial na corrida de Sábado, vencendo esta mesma categoria na tirada de Domingo.