Auto News Pião condiciona Edgar Reis na Rampa Internacional da Falperra

Edgar Reis tem sido um dos pilotos em destaque nas últimas edição do Campeonato Nacional de Montanha, onde se sagrou campeão nacional da categoria em 2015 e vice-campeão em 2016. O piloto do Team Transfradelos é, por isso, apontado como eterno candidato aos primeiros lugares da Categoria 2 e apostava em lutar abertamente pela vitória na Falperra, depois do 3º lugar obtido na inaugural Rampa da Penha.

Na ronda bracarense, que há muito se tornou uma referência no calendário do Europeu FIA de Montanha, Edgar Reis sabia que as duas subidas de domingo seriam cruciais, depois da anulação da subida de prova de sábado, devido ao óleo derramado por outro concorrente. Um pião na primeira subida de domingo acabou por condicionar o resultado do Porsche do Team Transfradelos, que depois rodou em 2m25,656s na derradeira subida do fim-de-semana.

“As corridas são mesmo assim, nem sempre as coisas correm como nós queremos. A anulação da subida de sábado tornou tudo mais difícil mas eu estava confiante que conseguiríamos lutar pela vitória já que no sábado tínhamos rodado em 2m24s e ainda tínhamos margem para evoluir. O pião surgiu porque entrei demasiado rápido naquela curva. São coisas que acontecem. Vamos tentar recuperar já na Covilhã, numa rampa onde ganhámos a categoria no ano passado”, afirmou o piloto de Famalicão, que continua na luta pelo título dos GT.

Depois da Falperra, o Campeonato Nacional de Montanha prosseguirá na Rampa da Serra da Estrela - Covilhã, marcada para os próximos dias 27 e 28 de Maio.