Auto News Pedro Dias da Silva e José Janela lideram Desafio Total Mazda 2017

Uma vez mais, os Mazda Proto do Desafio promovido pela Mazda Motor de Portugal e pela Total, emprestaram um colorido muito especial a esta segunda prova do Campeonato Nacional de TT e a verdade é que além de estarem de olhos postos na classicação desta competição os pilotos acabaram por dar que falar em termos de classificação geral, com dois Mazda Proto a terminarem no “top ten”. O piloto de Tomar não garantiu apenas o primeiro triunfo do ano, como assegurou ainda um importante sexto lugar à geral, ele que este ano pretende disputar, além do Desafio, todas as provas do Campeonato Nacional.

Face ao andamento imposto no primeiro dia de prova, nesta etapa complementar Pedro Dias da Silva conseguiu gerir o ritmo, sem correr riscos, e garantir desde logo os primeiros 25 pontos na classificação, ele que tem como claro objectivo vencer o Desafio Total Mazda, meta que persegue há já dois anos: “Tratou-se de uma prova muito dura e na fase final do troço de hoje tivemos mesmo que abrandar o ritmo, porque comecei a sentir alguma falta de eficácia dos amortecedores. Ainda assim, conseguimos ganhar e esta foi uma excelente maneira de iniciar a temporada do Desafio. Toda a equipa está de parabéns.”

Sabendo que só um grande azar do seu principal rival lhe permitiria sonhar com melhor posição, Bruno Oliveira, acompanhado por Paulo Marques, teve uma prova sem sobressaltos. Terminar no melhor lugar possível era a sua meta e esta foi atingida com distinção, já que foi o segundo classificado (10º à geral), numa prova reconhecidamente dura para os pilotos e para as suas máquinas. “Há um fosso enorme entre o nosso carro e o do Pedro Silva e, assim, desde cedo quisemos não mais do que garantir o segundo lugar. Terminar esta prova e ainda para mais entre os 10 primeiros deixa-nos muito felizes. Foi um fim-de-semana muito bom,” esclareceu Bruno Oliveira.

Muito positivo foi também o terceiro lugar da dupla Bruno Rodrigues/Ricardo Claro que apesar de “uma fase final de sector com cuidados redobrados com a embraiagem. De qualquer modo queríamos chegar ao fim. A prova foi bastante dura e, também por isso, estamos contentes por estar aqui e por termos assegurado o terceiro lugar do Desafio.”