Auto News Mação, catedral do presunto e do trial 4x4

Pedro Costa (Preparações Badinho/Cabral Seguros) foi o vencedor da 3.ª etapa do CNTrial 4x4. Depois de ter estreado o novo carro na etapa anterior, o campeão em título da classe Extreme impôs um ritmo muito forte e completou 22 voltas à pista. Ao ter vencido em termos gerais foi, obviamente, o melhor da sua categoria: Super Proto. Depois de 3 provas, Rui Querido (Euro 4x4parts/ Tibus Off Road) segue na frente da classificação geral, com mais 17 pontos do que o segundo classificado.

Floriano Maia (Team Flora Inovocorte/Tuff 4x4) regressou ao CNTrial 4x4 em Mação e venceu a classe Extreme. Completou as mesmas 19 voltas à pista de Pedro Alves (MonsTTer/Cistus), mas gastou menos 2 minutos e 33 segundos. Quando estão cumpridas 3 provas, António Calçada (NordHigiene Team) continua na frente da classificação da Extreme, mas agora com menos vantagem. Tem mais 4 pontos do que Pedro Alves.

Na categoria Proto Rui Rocha (Team RJ 69) fez a festa. Depois de 3 horas muito exigentes, e de alguns azares nas provas anteriores, os irmãos de Arouca venceram o ouro da classe Proto em Mação. Completaram 22 voltas, mais 1 do que Flávio Gomes (TáBô Team 4x4) e António Henriques (Mister Reboques). Depois da etapa de Mação Rui Querido lidera a classificação da Classe Proto com 49 pontos, seguido de Álvaro Alves (Dream Car) com 42 e Rui Rocha com 41.

Ao vencer em termos gerais, Pedro Costa venceu também a classe Super Proto. Nas contas do campeonato, Luís Jorge sai de Mação na liderança da classe. Tem agora 49 pontos, mais 3 do que Cláudio Ferreira (Auto Higino).

Depois de duas horas de resistência João Fernandes (Jovi Team) venceu na classe de promoção. O campeão em título da categoria completou 21 voltas à pista, mais 1 do que João Vicente (Santerchips/AM turbocharger/jot4x). Com esta vitória João Fernandes soma vantagem. É agora líder isolado da promoção com 4 pontos de vantagem.

Na Classe UTV/Buggy em três provas houve três vencedores distintos. Em Mação foi a vez de Daniel Duque (Duque TT) subir ao lugar mais alto do pódio. Completou 16 voltas à pista, mais 5 do que Domingos Diniz (Team Revi-clap 1). O ouro de Mação vale também a liderança da classe a Daniel Duque. Soma agora 54 pontos, mais 2 do que Domingos Diniz.

O Campeoanto Nacional de Trial 4x4 regressa aos trilhos no fim de semana de 3 e 4 de junho, em Gondomar, Capital Europeia do Desporto 2017.

Classe Absoluto

1.º Pedro Costa – Crawler Toyota – 22 voltas
2.º Rui Rocha – Toyota – 22 voltas
3.º Flávio Gomes – Jeep Wrangler – 21 voltas

Classe Extreme

1.º Floriano Maia – Samurai – 19 voltas
2.º Pedro Alves – Land Rover – 19 voltas
3.º António Silva – Toyota Hilux – 18 voltas

Classe Proto

1.º Rui Rocha – Toyota – 22 voltas
2.º Flávio Gomes – Jeep Wrangler – 21 voltas
3.º António Henriques – Proto XS5 – 21 voltas

Classe Super Proto

1.º Pedro Costa – Crawler Toyota – 22 voltas
2.º Luís Jorge – Proto XS5 – 204 voltas
3.º Domingos Parente – Rock Crawler Cabstar – 19 voltas

Classe Promoção

1.º João Fernandes – Nissan Patrol GR – 21 voltas
2.º João Vicente – Toyota BJ 40 – 20 voltas
3.º Fábio Ferreira – Nissan patrol GR – 15 voltas

Classe UTV/buggy

1.º Daniel Duque – Polaris RZR 800S – 16 voltas
2.º Domingos Diniz – CAN-AM –11 voltas