Auto News Tiago Reis com boas indicações na estreia do Mercedes GLA Proto

No dia de sábado, Tiago Reis optou por aumentar o ritmo e ao km 82 já ocupava o terceiro lugar da geral, só atrás de dois carros de fábrica. Contudo, um furo acabaria por levar a dupla de Famalicão a perder mais de 3 minutos, embora tenham conseguido recuperar o seu andamento. Mais tarde, a cerca de 20 kms do final, a quebra do diferencial dianteiro obrigou Tiago Reis a desistir na sua primeira experiência ‘a sério’ com o novo carro.

“Saio do Algarve satisfeito porque já sabíamos que esta seria a prova mais difícil do ano”, admitiu o ex-campeão nacional de Montanha e melhor rookie do CNTT em 2016. “O carro tem potencial mas também ainda temos muito trabalho para fazer e foi por isso que dissemos que este seria uma espécie de ‘ano zero’ para toda a equipa. Rodámos em 3º da geral atrás de dois carros e equipas que discutem o título, por isso só posso estar contente com o nosso andamento. A fiabilidade é uma coisa que vai surgir com os testes e com o decorrer das provas, por isso posso dizer que este início de época correu dentro das nossas expectativas”, concluiu Tiago Reis.

A segunda prova do CNTT será a tradicional Baja Capital dos Vinhos de Portugal, em Reguengos de Monsaraz, de 26 a 28 de maio de 2017.