Auto News Martine Pereira sem sorte na Rampa da Penha

Martine Pereira apenas fez a 1ª subida de prova no final de tarde de sábado tendo alcançado um tempo de 1.47.542. No dia seguinte logo na primeira subida, mesmo ao cortar a linha de chegada, acabaria por partir o motor, dando assim por encerrada a sua actuação nesta edição da Rampa da Penha. Por isso no final da prova o piloto comentou: “é preciso ter mesmo azar, estava tudo a correr tão bem, tudo estava certinho e de repente isto, não contava ….”

Recorde-se que na sessão de testes que Martine Pereira tinha efectuado na 5ª feira à tarde, no circuito Vasco Sameiro, também nessa altura acabaria por partir outro motor. Agora com dois motores partidos quisemos saber se o Alfa Romeo 147 estará pronto para a jornada seguinte: “ainda é muito cedo para poder responder a isso, é lógico que vou ter de tratar de arranjar os dois motores, mas para ser franco, não estou assim muito preocupado, pois caso os motores não estejam prontos, poderei participar na Rampa da Falperra, com outro dos Alfa Romeo, isso não será problema. O importante é participar, é estar com os amigos, e poder divertir-me ao máximo de forma a compensar do stress do trabalho diário, mas estarei à partida da Rampa da Falperra, isso posso já garantir, agora o que falta ver, é qual dos Alfa Romeo irei participar “, concluiu.